A força dos “Fieis de Katrogi”

0

MCK, é um nome/marca que dispensa apresentações. Num ano que tem sido bastante critico, no que toca ao comportamento do consumidor da música angolana, MCK, deixou e vem deixando a sua marca de forma regular, graças aos “Fieis de Katrogi“.

Depois do concerto “Proibido Ver Isto” no Cine Atlântico em Maio de 2018, aonde MCK teve como convidados de destaque Azagaia (Moçambique) e Valete (Portugal), sem desprimor aos nomes nacionais, Katrogi e seus fieis, voltaram a fazer jus a denominação neste final de semana.

Com nomes nacionais no cartaz como convidados, MCK voltou a sentir a fidelidade dos seus fãs que de forma massiva, foram até ao Cine Tivoli. Pelo que conhecemos do artista, o Cine Tivoli, supostamente foi escolhido devido ao facto de estar perto do Chabá (Zona aonde residiu MCK) e do Catambor, do qual veio um dos convidados (Phay Grande O Poeta), que raramente se apresenta em shows de grande moldura humana.

Para a primeira apresentação que antecede a venda e sessão de autógrafos, marcado para este domingo, o álbum  V.A.L.O.R.E.S começa a assim a ser bem recebido. Num ano em que vimos outros concertos a acontecerem, de músicos populares e supostamente com sucessos actuais, terem sido marcados pela pouca afluência de público e apesar de alguns deles estarem associados a marcas e terem sido patrocinados (The Best Hip Hop Potência MáximaShow de Carreira de cantora Noite e Dia,  Concerto Show 3 Gerações com os Mobbers como cabeça de cartaz e outros nestes locais), Katrogi e seus fieis vão fazendo história. 

A critica, ligada ao Hip Hop angolano, é unânime, em considerar, a apresentação do álbum V.A.L.O.R.E.S  e o “Proibido Ver Isto” como os concertos do ano (até ao momento), no que toca ao Hip Hop, não pela forma independente como foi realizado, mas essencialmente pelo interesse do público, presença do público e interacção com os artistas.

Ao Katrogi e seus fieis, pela garra e cumplicidade existente, de modos a perpetuar a marca “MCK”, vão os nossos parabéns e os nossos desejos de uma óptima venda e sessão de autógrafos no dia 12 de Agosto, na Praça da Independência e noutras datas da agenda.  

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.