Cinco Mulheres do Rap Angolano em Destaque

0

O Rap Feito por Mulheres em Angola para muitos já esteve melhor em termos de visibilidade e em termos de participação nos vários eventos de Hip Hop e, para outros, está a viver o seu melhor momento agora, tendo em conta o lançamento de obras, as premiações e arquivos áudio visuais. Independentemente de qual for o seu ponto de vista, trouxemos aqui 5 nomes que gostaríamos de destacar nos dias de hoje.

  1. Kendrah

Com um EP lançado, Kendrah que antes respondia pelo nome próprio de Kendra Martins, é a menor entre as nossas indicações e tem no seu repertório um EP (Furacão), uma indicação para voz revelação no Top Radio Luanda 2015, ano em que mais deu nas vistas e esteve entre os nomes mais sonantes do rap de salto alto. Hoje faz parte da produtora Pirline, liderada por Reptile e participou assim dos seus primeiros videoclipes. Kendra fez parte do projecto feminino denominado RapVolução lançado no principio deste ano.


Perfis Oficiais: Facebook || Instagram


  1. Khris MC

Um dos nomes que ganhou visibilidade no remix da faixa FUBA promovido por DJ Soneca, apesar de antes disso ter feito parte do concurso nacional Girls Band. Não temos registado o lançamento de uma obra digital, mas no entanto tem alguns singles como Africa, Dar A Cara, Tô aqui, assim como dois vídeo clipes das ultimas faixas citadas e da fixa Stagio (2011). Com EP já concluído, Khris MC finalista do curso de Direito está a preparar o lançamento oficial do mesmo. Anteriormente ligada a No Sleep, a artista atualmente trabalha de forma totalmente independente. Khris MC também fez parte do Projecto RapVolução, foi uma das indicadas para categoria de Melhor Rapper Feminina da segunda edição do Angola Hip Hop Awards, e é uma das integrantes do Programa Nação Hip Hop da Rádio Kairós, emitido aos sábados.

Perfis Oficiais: Facebook || Instagram || Youtube

  1. Miss Skillz

É a segunda artista com um repertório mais extenso das cinco selecionadas e tem sido para nós um dos grandes exemplos de superação, persistência, dedicação e foco. A cada concretização e apesar de trabalhar de forma independente, Miss Skills deixa mais evidente quais os seus objectivos com Hip Hop (Rap). Fez em 2015 a venda do CD Promo Génesis, que veio culminar com a venda de sessão de autógrafos do álbum com o mesmo titulos em Setembro de 2016 e o concerto de apresentação. Antes disso, Miss Skills levou a bandeira de Angola para o Brasil, onde participou no Festival Terra do Rap. Constam da sua videografia os seguintes trabalhos: Escuridão, Ilhe de Esperança, Brisa da Mudança, Pariah, Um Pedaço do Céu e realçar que foi uma das principais mentoras do Projecto RapVolução. Foi também uma das indicadas para categoria de Melhor Rapper Feminina da segunda edição do Angola Hip Hop Awards, é uma das integrantes do Programa alternativo “Beat Box” da Rádio Luanda, campeã de audiência na capital do país, emitido aos Domingos e faz parte do grupo que constitui a Universidade Hip Hop, depois de ter sido convidada pelos mentores do projecto, fruto do seu dinamismo e comprometimento com a Cultura Hip Hop.


Perfis Oficiais: Facebook || Instagram || Twitter || Youtube

  1. Vanda Mãe Grande

Surgiu como um Tsunami, com algum tempo de estrada, Vanda ganhou maior protagonismo depois de abandonar o seu grupo (Deusas do Rap), e trocar a sua terra natal (Cuanza Norte) pela capital do país. A Mixtape “Por Mim” foi o seu primeiro cartão de visita em 2015, onde começou a dar nas vistas, com selo da MP3 Lab, no mesmo ano lança a Mixtape “Viúva Negra“, resultante de faixas soltas que iam sendo lançadas de forma consistente, o que lhe rendeu três (3) indicações para a primeira edição do Angola Hip Hop Awards tendo levando o troféu de Revelação do Ano. Em 2016/2017 as participações e vídeos lhe mantiveram no top, sendo entre as vozes femininas, aquela que mais recebe elogios e tem maior aceitação entre os rappers e hip hoppers e pelo segundo ano consecutivo fez parte dos indicados do AHHA.

Vanda fez também parte do Projecto RapVolução e esteve envolvida nos maiores destaques do Rap Feito por Mulheres devido ao Skills que lhe caracteriza e ao beef existente entre ela e Eva RapDiva. Com o álbum já quase concluído, recentemente assinou pela Xando Produções, o que tem lhe valido mais aparições na midia convencional (Televisão e Rádio), assim como tem feito parte de mais concertos fora do circuito restrito ao Hip Hop. Inicialmente o álbum intitular-se-ia Vanda-Lismo, agora temos visto publicações com o título de F.A.M.A. Encontramos varias páginas no facebook e não sabemos qual a verdadeira, por isso deixamos apenas os perfis de Instagram e Twitter que seguimos e confirmamos serem os oficiais. Como vídeos, Vanda tem lançados Não Vou, Talento Fantasma e On Fire.


Perfis Oficiais: Instagram || Twitter


  1. Eva RapDiva

Por último, trazemos Eva RapDiva, a morena do Lobito que indiscutivelmente é o nome mais sonante dentro e fora do circuito Hip Hop. A artista agora vinculada a Step Music, tem um vasto repertório, composto por uma Mixtape Rainha Ginga e um álbum EVA em homenagem a sua avo,  vendido e autografado recentemente na Praça da Independência. A residir ainda em Portugal, Eva marcou presença em 2009 com Sam The Kid, Snack, Nell Assassin e Condutor, tendo sido um dos grandes atrativos do primeiro grande concerto de Kid MC pelos fortes aplausos que recebeu. 

Vencedora de 5 prémios só em 2017, com as faixas Final Feliz e Assobio Meu, Eva RapDiva tem como arquivos musicais audiovisuais os vídeos com bastante qualidade, se compararmos aos outros quatro nomes dessa lista e não só, nomeadamente  És uma Estrela, Rainha Nzinga, Beleza Não é Tudo,Assobio Meu, Final Feliz, além de outros vários em que participou. 

O seu trabalho contínuo e consistente lhe valeu várias indicações e prêmios desde 2015, para os Concursos Nacionais: Top Radio Luanda, Angola Music Awards, Angola Hip Hop Awards e Moda Luanda. Em 2014 esteve na republica brasileira a para representar Angola no Festival Terra do Rap, aquele que foi o 1º Festival de Rap Lusófono naquelas paragens. Neste ano, depois do lançamento do seu álbum, Eva realizou o seu primeiro grande show, com produção de Man Renas.

Perfis Oficiais: Facebook || Instagram || Twitter || Youtube

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.