Dji Tafinha doa Um Milhão de Kwanzas ao Músico Sebem, para ajudar no tratamento

0

Diferente de todas a promessas não cumpridas, o músico Dji Tafinha sem prometer, sem publicitar, sem ir a televisão ou rádio comunicar, doou Um Milhão de Kwanzas arrecadados na venda do seu álbum intitulado Presidente, ao músico SeBem. A venda aconteceu no dia 31 de Março, no Wammo Shopping Avenida.

Depois de feita a entrega, Dji Tafinha publicou a imagem com SeBem nas suas paginas oficiais nas redes sociais, agradecendo a cada uma das pessoas que comprou a copia fisica dos 1000 Cds vendidos e autografados de forma exclusiva.

SeBem já leva mais de quatro anos e muita coisa tem sido comentada em torno disso. Trata-se de uma doença parasitária rara, neurocisticercose, fatal em 95 por cento dos casos, já esteve internado no hospital de Hernanos, na cidade de Havana aonde reagiu de forma satisfatória, depois de ter estado dois meses em coma profunda, mas os encargos financeiros e logísticos fizeram com que o autor do Hino “A Felicidade” voltasse para continuar o tratamento em Luanda.

Posto em Luanda, o mesmo foi tento acompanhamento médico e varias foram as pessoas que se prontificaram ajudar, foram organizados e realizados alguns concertos com esse intuito, mas, infelizmente segundo a família (filhas e esposa), nenhum destes apoios chegou. De acordo com Débora dos Santos e as filhas mais velhas de Sebem, estes eventos têm servido apenas para as pessoas poderem usar o nome de Sebem e render alguma coisa, pois nenhum dos apoios já mais chegou.

Em Março do ano passado, na altura da sua campanha eleitoral, o então candidato e actual Presidente da Republica, João Lourenço, fez uma visita ao músico levando consigo alguns membros do actual governo e do partido MPLA, doou alguns bens de primeira necessidade, e assumiu o compromisso de ajudar na recupeção do músico SeBem.

Diante de tantas várias boas promessas, os internautas têm enaltecido o gesto de Dji Tafinha como um exemplo a seguir pelos demais colegas de profissão, governos e sociedade civil no geral.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.