«…esse Show do SENTINELA Não Pode Passar Despercebido Baba…» Ready Neutro

0

Quando há cerca de 3 anos, graduei o SENTINELA como DELEGADO da Nova Escola, era pelo que ele me tinha mostrado na altura e pelo que, eu sentia, que ele iria mostrar no futuro “hoje” presente, e no futuro que ainda não chegou.

Sob sua iniciativa, SENTINELA montou a sua banda e fez o primeiro ensaio no bar do Cefojor, a convite de Lukeny Fortunado (o mesmo Lukeny).  O mesmo Lukeny, defensor da música ao vivo e abolição dos playbacks, seja aonde for. De lá saíram vários elogios, o mesmo Lukeny disse a mim:  “ESSE MAMBO É OUTRO NÍVEL, ESSE PUTO TEM LEVAR ISSO A DIANTE”. Pois é, era apenas uma amostra, do que viria acontecer no dezoito de Agosto de dois mil e dezoito.

Sábado, Dezoito de Agosto de dois mil e dezoito, o puto voltou a fazer história. O Delegado da Ascensão e toda nova escola, deu um tapa na cara de todo mundo e fez jus as palavras do BZB no Zap News, quando disse ao Daniel Nascimento e Henesse Cacoma:

“… existe um nova escola dos rappers, que vocês precisam conhecer melhor…e nesta nova escola, tem um rapaz que se chama Sentinela, O Delegado, é dos melhores que vocês poder ter, ver e ouvir …”

Marcado paras as 15 horas, começou bem atrasado, o concerto do Sentinela. Cheguei por volta das 18 horas, e tinham apenas 5 carros estacionados na rua, e pensei eu: mais uma daquelas rochas que se têm tornado habituais nos shows de  rap. Encontrei, o Sentinela na porta do Elinga, com telefone na mão, fazendo enumeras chamadas sem sucesso, e perguntei para quem ligava, e ele disse: “estou a ligar para os convidados, ainda não chegaram, O Bruno não vem, o Phedilson perdeu o voo, a Khris tem o filho doente e o Kool Klever não me disse nada até ao momento.

Já no piso superior, vejo um certo movimento, pouca gente conhecida, e fico mais feliz, porque afinal tinham algumas pessoas, vou pra sala principal e já estava lotada, com os lugares bem preenchidos, eram os verdadeiros fãs, amigos e familiares do artista que aderiram ao recinto, depois de uma boa campanha de promoção do evento, aonde só a Zap não abriu as portas (a mesma zap). Denexl já estava na Casa, BZB idem e a dupla Yokanario, fui até ao Sentinela e Lil Gomes (Host) e disse: “Começa essa merda Porra, quem veio veio, quem não veio que se foda…”.

O concerto começou com dois dos convidados e muita entrevista no Backstage para Tv Zimbo, Tv Palanca e TV Belas. Depois do Denexl e Fen G, o anfitrião fez-se ao palco,  Ready Neutro já estava na Casa e disse:  Porra Baba, essa merda não pode passar despercebido, estou arrepiado, vocês têm que reportar isso como deve ser… xeeee, foda-se, o puto surpreendeu-me, mostrou que é capaz e que podemos fazer…

Essa foi a primeira parte de uma grande noite.

Texto: Edivaldo Dos Santos (O Missionário)

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.