Quem são os Pioneiros do Hip Hop Angolano?

0

Em vários circuitos do Hip Hop Angolano tem se discutido muito a questão da velha vs nova escola e de quem são os Pioneiros do Hip Hop Angolano. Se por um lado os adjectivo Velha(o) soa descriminação/diminuição no lado social, no Hip Hop é recebido com orgulho e muita satisfação, pois é sinónimo de alguém comprometido, persistente e experiente.

Muitos são os que se têm recusado e procuram evitar o termo “Nova Escola“, por parecer diminuitivo, na perspectiva de pouco trabalho feito. Por essa razão, hoje têm surgido os os termos Novos fazedores, Nova Vaga e na língua inglesa “New Comers” o que parece mais “bonito”. Facto é, que os quatro termos são sinónimos e as palavras e pronuncia não alteram absolutamente nada, são todos novos.

Os fãs de alguns artistas recusam-se em considerar nova escola nos seus ídolos, pelo trabalho e trajectória rica dos mesmos. Segundo o memorando de entendimento no seu 4º Ponto:

São considerados Old School da Cultura Hip Hop em Angola, o praticante de algum
elemento, que comprovadamente (Com factos ou depoimento oral) o tenham feito há
um período igual ou superior a 20 anos.

Neste contexto podemos reter os seguintes elementos:
1º Tempo de Actividade (Igual ou superior a 20);
2º Praticante de algum elemento (Emceeing, Deejaying, Breakin, Graffith Art e Street Knowledge);
3º Factos ou Depoimento Oral (Arquivos documentais e testemunhas idôneas). 

Sendo assim, é velha escola quem cumpre estes 3 requisitos, e automaticamente passa para nova escola, todo aquele que não tenha esses requisitos mencionados. Fazendo contas básicas, são da nova escola todos aqueles que começaram a actividade de 1999 e anos seguintes, onde no rap podemos incluir nomes como os Kalibrados (na inexistência de testemunhas), onde na sua discografia, os álbuns e mixtapes:

  • 2006Negócio Fechado
  • 2008: “Cartas Na Mesa”
  • 2016: “Diário da República”
  • Laton- Baby Laton vol. 1 & Baby Laton vol. 2
  • Mister K- Katambor (Condominio de Alta Segurança)
  • Vui-Vui- Mafia King

Dji Tafinha, Kid MC, Fly Skuad, Francis, Young Double, Cfkappa, Eva, Khris, Vanda, Brigadeiro 10 Pacotes entre outros nomes populares, são todos nova escola e fazem parte do mesmo pacote. Por outro lado , e puxando a brasa para o nosso lado, como equipa do site, os nossos membros Edivaldo dos Santos (blogger/activista) e Dj Nkkappa (DJ/Blogger e Activista)” fazem parte da Velha Escola, pois começaram no principio dos anos 90 com testemunhas e arquivo.

Passamos agora para o segundo ponto e fundamental da matéria. Publicamos ontem uma matéria sobre 10 Nomes Que Fizeram Parte de Playlist de MCK em 2017, onde classificamos o artista em questão como Pioneiro do Hip Hop Angolano. O 3º Ponto do Memorando de Entendimento do Hip Hop Angolano diz o seguinte:

São considerados Pioneiros da Cultura Hip Hop em Angola, todas as pessoas que
comprovadamente (com factos palpáveis ou depoimento oral) tenham praticado ou
incentivado a prática de alguma actividade que integra um dos 4 elementos pioneiros
durante o período compreendido entre 1986 à 1993.

1º Tempo: De 1986 à 1993;
2º Tenha Praticado ou INCENTIVADO;
3º Factos ou Depoimento Oral (Arquivos documentais e testemunhas idôneas). 

O Memorando de Entendimento do Hip Hop em Angola ou Código de Conduta do Hip Hop Angolano, foi escrito a 24 de Novembro e teve na sua escritura a participação de cerca de 150 pessoas dentre elas activistas, praticantes dos diferentes elementos, Velha e Nova escola e outras pessoas que tiveram na definição das suas personalidades a influência da Cultura Hip Hop.

Fica a Pergunta. E gostaríamos de ter as vossas respostas nos comentários.
Quem são (nomes) os Pioneiros do Hip Hop Angolano?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.